Um lugar inesquecível, tivemos o prazer de conhecer essa perfeição criada por Deus, em 10 ano no máximo não existirá mais o Azure Window, devido a ação do vendo e do mar nas rochas.

Intercâmbio em Malta


Neste post vamos falar um pouco sobre a nossa experiência de Intercâmbio  na ilhota preferida dos europeus no verão. Vamos começar falando porque Malta. Malta? Onde fica? Malta é um pais muito pequeno que tem 316km2, é uma ilha localizada no mar Mediterrâneo em um ponto estratégico entre a Ásia, Europa e África. A ilhota é bem antiga e já era habitada há 5.200 A.C. por ai você já consegue entender o quanto de história essa ilhota tem para te contar, tem algumas passagens bíblicas que citam Malta, é um pais que tem 98% da sua população de religião católica, tem 366 igrejas católicas, ou seja você pode passar um ano inteiro rezando cada dia em uma igreja diferente. (O problema que a maioria das missas são celebradas em Maltes).

Agora que a ilhota foi devidamente apresentada, vamos aos 3 motivos que escolhemos Malta para realizar mais um sonho que era fazer um intercâmbio cultural e aprender o inglês.

1) Temperatura agradável semelhante ao do Brasil.
2) Fuso horário de 5 horas de diferença, que possibilitava estudar no período da manhã e no período da tarde e noite trabalhar remotamente em nossa empresa no Brasil.
3) Custo benefício muito bom se comparado a outros países.

Após algum tempo de pesquisas decidimos ir para Malta, então começamos a pesquisar sobre algumas empresas Brasileiras que trabalham com intercâmbio, com isso descobrimos que não é tão simples comparar as cotação de intercâmbio, por tanto criamos uma planilha de excel, para facilitar a comparação entre as diversas cotações, podemos disponibilizar a nossa planilha modelo para quem tiver interesse, nessa planilha colocamos informações o suficiente para compararmos o custo final para um casal durante 3 meses, mas é muito simples ajustar a planilha para sua necessidade.

Chega de bla, bla … bla! Vamos começar a falar da empresa escolhida para esta grande e desafiadora jornada de intercambio cultural para um jovem casal sem filhos. A empresa escolhida que foi a Life in Malta, escolhemos a Life in Malta por alguns motivos bem específicos, como era o nosso primeiro intercâmbio e nosso inglês era bem limitado ficamos com medo de ir para um país estranho sem conhecer ninguém por lá para nos apoiar,  como somos fãs do programa o Mundo Segundo os Brasileiros procuramos na internet o programa que foi gravado em Malta, foi então que resolvemos assistir novamente o programa mas desta vez prestando mais atenção nos detalhes, o Dal estava usando uma camiseta com o logo da empresa e fomos pesquisar mais sobre eles, na mesma semana que estávamos pesquisando descobrimos que teria uma feira em São Paulo para pessoas interessadas em fazer um intercâmbio, então fomos conferir e para nossa surpresa a Life in Malta estava lá, na ocasião eles estavam representando a escola ACE com uma promoção muito boa, mas estávamos interessados na escola ClubClass, que eles também eram parceiros, foi então que fechamos a acomodação por um mês com a Life in Malta e três meses do curso de inglês com a ClubClass, pois a intenção era arrumar outra acomodação mais barata para os outros dois meses seguintes, seguindo orientações e dicas de diversos blogs e é realmente verdade.

Vamos falar do nosso primeiro mês e do atendimento da Life in Malta, quando chegamos no aeroporto de Malta, após uma cansativa viagem o Dal foi efetuar o transfer do Aeroporto para a acomodação, porém estávamos com quatro malas visto que iriamos passar três meses e outro cliente da Life in Malta chegou em outro voo no mesmo horário, neste momento conhecemos um grande amigo e parceiro de intercambio Deivison, entramos no carro do Dal e fomos um tanto quanto apertados até a primeira parada que era a nossa acomodação para o primeiro mês, chegando lá descemos do carro com as malas e fomos para o quarto de um apartamento no 5º andar do bairro Sliema, com um pequeno problema o elevador não estava funcionando e não funcionou pelo resto do mês, (mas já saímos do Brasil sabendo deste problema) ainda bem que o Deivison e o Dal ajudaram com as malas, em fim chegamos em nosso apartamento, no dia seguinte teríamos o primeiro dia de aula na escola ClubClass, mas precisávamos ir de ônibus para a escola que fica no bairro Swieq, agora imagina um casal que não conhece nada em Malta, não sabia como funcionava o transporte público da cidade e ainda por cima o inglês não era o suficiente para perguntar e muito menos entender a resposta, então pesquisamos o endereço da escola ClubClass no Google e fomos para a escola no primeiro dia pegando o famoso ônibus 12, quando voltamos para casa vimos um e-mail da Life in Malta com todo o passo a passo de como chegar na escola, mas dai já era tarde, sem perrengue como esse, não seria intercâmbio não é mesmo? Então voltamos da escola no primeiro dia já estávamos morrendo de fome, foi então que decidimos comer em um restaurante e neste momento descobrimos que o nosso orçamento não daria para comer em muitos restaurantes Malteses, então fomos ao Mercado Carrefour mais próximo do apartamento que ficava localizado a uns 5 quarteirões morro a cima, fizemos a nossa primeira compra e o custo foi razoável, mas o problema não era descer a ladeira com as compras em sacolas, o problema era subir os cinco andares de escada com um fardo de água e as compras, sabendo que isso seria rotina pelo próximo mês, com isso agradeço a Life in Malta os 11 quilos que perdi em Malta no primeiro mês de viagem e não pretendo encontrar-los no Brasil novamente, estávamos muito insatisfeitos com a distancia da escola, por isso passamos o primeiro mês inteiro pesquisando na internet, perguntando para amigos sobre acomodações em Malta, porém no verão as coisas mudam um pouco de figura os Europeus vão gastar seus preciosos Euros na ilhota e como acontece naturalmente em toda cidade turística os preços aumentam, os apartamentos e quartos simplesmente são alugados muito rápido, em um dos casos fomos visitar o apartamento mas não levamos o valor de calção, quando chegamos em casa a o apartamento que fomos visitar foi alugado para outra pessoa que pagou o período à vista.

Depois de muita procura conseguimos alugar um quarto muito bom, no apartamento de uma Brasileira que mora em Malta por alguns anos e fomos muito bem recebidos nos dois últimos meses da nossa viagem, o apartamento ficava no segundo andar e o elevador funcionava, o apartamento estava localizado 5 quadras da escola, então nós não gastaríamos com transporte público para ir a escola, isso foi muito bom porque os Malteses resolveram mudar de empresa que cuidava do transporte público e com isso mudaram o sistema e as tarifas, justo em nosso primeiro mês em Malta, depois fomos conhecendo um pouco mais sobre a cultura dos Malteses e descobrimos que as regras mudam muito e a toda hora, para um povo que foi colonizado por diversos países isso me parece justificável. A Dri nos passou muitas informações importantes sobre Malta e sobre os Malteses, ela também estudou na escola ClubClass então conhecia bem a metodologia da escola e nos ajudou muito com nossas dúvidas em relação a tudo, fora as indicações dos melhores lugares para ir nos finais de semana qual ônibus pegar etc, então agradecemos muitos por ter nos alugado um dos seus quartos para nós, foi um prazer conhecer seus amigos e conhecer um pouco da sua história de vida.

A maioria das escolas tem sua política de férias, portanto se você é como nós viciados por viagens e gosta de conhecer novos países e culturas, provavelmente vai querer fazer um mochilão super econômico pela Europa, Ásia ou África. Lembra da localização de Malta, bom foi o que fizemos com a nossa semana de férias, mas esse mochilão pela Itália merece um post separado.

Conhecemos diversas pessoas que estudaram em outras escolas de Malta EC, ACE, EF, Sprachcaffe e UniLang, cada escola tem sua particularidade, depende muito do que você esta buscando e principalmente do seu budget, por isso indicamos que escolha uma agência de intercambio de confiança para fazer a sua compra, visto que o valor pago para um experiência como esta, muitas vezes será possível realizar outros sonhos como trocar de carro, dar entrada de um apartamento, comprar uma moto, etc. Nós da TBViagens podemos lhe ajudar com a compra das passagens aéreas, tanto para o seu intercambio, quanto para seu mochilão, conseguimos um parcelamento bem interessante e podemos indicar algumas agências de intercambio com sede em Malta e que tem funcionários fluentes em português, essas agências trabalham com todas as escolas e acomodações.

Dicas rápidas:

A) Não deixe de comer o Pastizzi e o refrigerante Kinnie (Na minha opinião esse refrigerante é horrível, mas a minha professora Maltesa disse que é melhor do que Coca-Cola..kkk)
B) Se você tem gosto por apreciar novos sabores experimente o prato típico que é coelho frito com alho ao molho de vinho branco e para entrada experimente o Caramujo. (Procure pelo restaurante il-Barri na cidade de Mgar)
C) Melhor praia de Malta na minha opinião é a Paradise Bay
D) Melhor visual na minha opinião é na Azure Window que fica na Ilha de Gozo.
F) Malta é o terceiro melhor do mundo para mergulhar segundo uma revista famosa que não lembro o nome, se você tem a carteirinha da PADI não esqueça de levar, mergulhar nessas águas cristalinas foi um das minhas melhores experiências.
G) Todos os Brasileiros que vivem em Malta se conhecem, mas não necessariamente são amigos, estamos falando de uma ilha muito pequena com poucas opções de lazer e trabalho no inverno.
H) A ilha é segura com relação a assalto a mão armada, no verão os furtos de celulares são frequentes em ônibus e boates, fique atento. (Eu perdi um celular em Malta)
I) Para as mulheres que estão sozinhas, procurem não voltarem sozinhas para sua casa, após uma boa balada em Paceville. Em Malta o numero de estupros é bem alto e no verão a probabilidade disso acontecer aumenta, este assunto é bem delicado, por isso é um dos avisos que as escolas costumam dar aos alunos.
J) Me adicione no facebook para ver as fotos – Bruno Medeiros Lima e curte a fanpage da TBViagens

1 Comentário

  • Irlon (#)
    abril 1st, 2016

    Adorei as suas dicas sobre intercâmbio em Malta e é justamente o que eu estava procurando. Eu vou fazer um curso de inglês em Malta e estou super ansioso pra chegar o dia de minha viagem. Espero que o meu intercãmbio na Ilha de malta seja maravilhoso quanto ao seu. E acredito que com um curso em Malta a minha fluência no idioma melhore bastante. Eu vou estudar também em uma escola de inglês em Malta e passo aqui a dica tb, Sprachcaffe: http://www.sprachcaffe.com/portuguese/study_abroad/language_schools/malta/main.htm

Deixe seu comentário!

Você precisa logarpara comentar.