As pessoas estão voltando a procurar agências de viagens?


Por que as pessoas estão voltando a procurar agências de turismo pra viajar (e deixando de lado os buscadores online)

Ir atrás de uma agência de viagem pode parecer uma coisa do século passado pra alguns. O acesso fácil a inúmeros buscadores de passagens online dão a impressão de que as agências estão com seus dias contados, como as lojas de CD ou videolocadoras.De fato, muitas estão fadadas a esse destino sim, porque são simplesmente uma versão mais lenta e menos conveniente dos buscadores online.

Só que o que algumas pessoas já têm notado, é que existem agências de turismo diferenciadas, que são muito mais do que facilitadores de viagens para a disney e pacotes de cruzeiros. É que elas fornecem uma experiência de viagem que muito dificilmente você pode adquirir sozinho pela internet, sem conhecer o seu destino e sem conhecer as empresas de serviço do lugar como os agentes de viagem experientes.

Nesse post, eu vou explicar por que você deve considerar planejar sua próxima viagem com uma dessas agências de viagem.

Pra começar, o stress do planejamento

Se você já programou uma viagem sozinho sabe o que é ir atrás, incessantemente, da melhor oferta.

O número de sites de busca e de divulgação de promoções já é tão grande que você pode gastar horas online pesquisando por preços de passagens, tendo inclusive que simular a mesma passagem várias vezes pra conseguir chegar ao valor real, com as taxas incluídas. Falando nessas taxas, já percebeu que aquele preço de promoção nunca é o preço final mesmo? Já reparou também que quando o preço vale realmente a pena a espera nas escalas são de horas?

Isso sem contar as pesquisas de hotéis, as resenhas que têm que ser lidas (porque não dá pra confiar nas fotos, a gente sabe), as consultas de preços de translados, os ingressos para atrações turísticas, e por aí vai. É um tal de ir e vir de um site a outro para encontrar a oferta mais vantajosa que é fácil se sentir perdido, paralizado. Dá aquela sensação agoniante de que sempre pode aparecer uma opção melhor, no próximo link, na próxima busca.

Quando você menos espera, surge um stress que na-da tem nada a ver com a sensação gostosa e prazerosa que você tava esperando ao programar uma viagem, para as suas férias tão merecidas.

E vai que você muda de planos antes de ir?

Digamos que depois de muitas horas de pesquisa, você tenha encontrado a passagem ideal e um hotel com resenhas boas. Mas e se por acaso, por algum inconveniente do destino, você tenha que mudar a data de viagem? Bom, pode esperar por incomodação e taxas altas para remarcação das suas reservas online. Se você já teve que resolver isso alguma vez, sabe do que estamos falando!

Esse é um dos momentos que um agente de viagem faria toda a diferença, fazendo suas remarcações e ajustes. E melhor, com a garantia de que tudo vai dar certo.

Sim, é bom ter o poder e acesso a todas as informações como temos hoje na internet. Porém, o tempo que se dedica ao estudo e planejamento online de uma viagem pode sair caro. Ainda mais se o que você quer é curtir as férias!

Muita gente ainda insiste que todo o esforço e stress da busca online valem a pena, porque se acredita estar, pelo menos, pagando mais barato. Bom, é exatamente aí que está um dos maiores mitos sobre as agências de viagens. E você precisa saber da verdade!

Alguns mitos sobre viajar com agências que estão caindo por terra

Mito 1: os preços dos buscadores são menores que de agências
Esse é o maior benefício de planejar a própria viagem online, certo? Conseguir o melhor preço. Acontece que esse é também o maior mito sobre as agências de turismo que existem por aí.

Esse mito é muito alimentado por mochileiros de viagem. Dá para entender, já que quem viaja no estilo mochileiro normalmente está fazendo uma viagem bastante econômica, hospedando-se em quartos compartilhados em albergues, ou mesmo no sofá de algum morador local, por meio de sites como o couchsurfing. E como as as agências trabalham com redes de hotéis que, naturalmente, são uma hospedagem mais cara do que os albergues, esse mito cresceu.

Só que muita gente que entrou nessa onda não necessariamente é um viajante de mochila e, quando optam pela pesquisa cansativa da própria passagem e hotel, acabam perdendo benefícios que só os agentes de viagem, que são muito bem conectados com esses prestadores de serviço, conseguem.

E as taxas de serviço?

Ao contrário do que você pode pensar, assim como em agências, também pagamos por taxas de serviço nos buscadores onlines. A diferença é que na internet, não há margem para negociação desse valor, o que é bem diferente da realidade das agências de turismo. Muitas vezes, os agentes são flexíveis ou até abrem mão dessa taxa, porque

  • não querem perder o cliente
  • já ganham comissão das parcerias com as empresas de serviço.

Mito 2: comprar na internet é mais rápido e fácil
A não ser que você compre a primeira oferta que aparecer no seu navegador, isso é uma grande ilusão. Como você já deve ter sentido na pele, a busca online pode demorar e muito!

A verdade é que os agentes de turismo têm acessos muito mais facilitados que você, com seus sistemas internos de busca. E também experiência para entender sazonalidades de preços, o que pode fazer a busca ser bem mais ágil.

Outra coisa a considerar: quando você encontra um agente de viagem em que confia, ele cria familiaridade com seu estilo de viajar e vai ficar cada vez mais fácil e rápido planejar tudo para você.

Mito 3: se eu planejar minha viagem pela internet, vou ter mais flexibilidade
Claro que vai ter flexibilidade, e isso é ótimo. Só que nas boas agências também. Nem toda a agência vive de pacotes. Na realidade, a personalização e consultoria sobre seu roteiro é justamente o maior beneficio que ótimos agentes de viagem podem te oferecer.

Muitas agências abusaram dos pacotes pra tentar ser competitivas com os buscadores online (um grande erro!) e deixaram de oferecer o que toda pessoa que está indo viajar quer: as melhores recomendações, de quem tem experiência. Só que claro, não é dessas agências que estamos falando!

Vou explicar melhor: se você propõe uma viagem para um destino X, por exemplo, porque quer ter uma experiência de X com seu marido ou esposa, um bom agente, ou melhor, consultor de viagem nesse caso, vai te falar que para você ter essa experiência que quer na viagem, seria melhor ir a um lugar Y.

Os agentes que se familiarizam com seu jeito de viajar são como amigos, que estão preocupados em garantir a experiência que você espera, não simplesmente te passar um orçamento. Seja um turismo louco de aventura, com um hotel no topo de uma montanha ou uma viagem com spas, muito descanso e sombra e água fresca.

E é na garantia e segurança que o que você espera vai acontecer que mora to-da a diferença. Algo que os algoritmos dos grandes sites de busca de viagem ainda não conseguem fazer, porque não são pessoas, afinal!

Quando você planeja tudo sozinho, pode não estar fazendo o melhor, já que você não conhece o destino e os serviços do lugar. E o pior: vai alimentar expectativas de qualquer forma, o que pode acabar em muito stress e frustração quando chegar lá.

Mais dois pontos a considerar

Você não merece dores de cabeça no meio da viagem
– E se aquele hotel que parece incrível nas fotos tiver uma construção barulhenta bem nos dias que você vai estar hospedado?
– E se você chegar no hotel e entender que o quarto nada tem a ver com o que está nas fotos do site?
Ou pior: e se sua reserva simplesmente não existe?
– E se seu vôo atrasou e você perdeu a conexão com outra companhia aérea?
– E se o vôo que atrasou te deixou no próximo aeroporto no meio da madrugada, com as agências fechadas e só resta dormir no aeroporto ou gastar uma nota em um hotel por perto?

É nessas horas que você percebe que programar sua viagem online só te traz uma viagem tranquila se tu-do der EXTREMAMENTE certo.

Imprevistos acontecem, em qualquer viagem, não há como evitá-los. E se você tiver que lidar com tudo no meio das suas férias, stress e frustração podem definir o que você vai sentir.

Só que isso tudo pode não ser tão doído se outra pessoa pode resolver pra você! Uma ligação para seu agente de viagem de confiança e ele pode sumir com todos os problemas, sem dor de cabeça ou custo. Isso porque e papel dele te dar a melhor experiência possível, para garantir que você sempre retorne a programar viagens com ele.

É como ter um assistente durante toda a viagem. Por que as pessoas abriram mão dessa mordomia mesmo?

Você deveria se dar o luxo de se preocupar só com o que realmente importa

Quando você não precisa se preocupar com horas de planejamento, com os trâmites com hotel e translados e  ficar ansioso com as coisinhas que podem dar errado, você tem o luxo de se preocupar com o que realmente importa: ter os melhores momentos e experiências possíveis. Não sei você, mas a gente acha que é mais que coerente ter esse conforto nas férias. Ainda mais se o custo for igual ou muito parecido com o de buscadores online!

Fonte: Via Já Brasil

Bom agora que já quebramos alguns mitos e mostramos os principais benefícios das agências de turismo, o que está esperando? Entre em contato conosco.

Deixe seu comentário!

Você precisa logarpara comentar.