10 Motivos para viajar pelo Brasil


Além de economizar com passagens aéreas, ao viajar pelo Brasil você descobre lugares únicos, que apenas os brasileiros têm o privilégio de considerar como o “quintal de casa”. Confira!

O Brasil tem mais de 8 milhões de quilômetros quadrados de beleza e diversidade. Nesse cenário de dimensões continentais, você vai encontrar ilhas e as mais lindas praias do mundo, cachoeiras e matas fechadas, rica gastronomia, parques, milhares de rios, cidades históricas e muita modernidade.

Com tanta variedade, existe no Brasil um destino certo para cada perfil de viajante. Tudo isso unido a uma alegria contagiante que enche a alma de quem passa por essas terras. Pensando nisso, selecionamos 10 motivos para você viajar pelo país, dono de tantas atrações turísticas e culturais. Confira!

1. As praias mais lindas do mundo

As praias mais lindas do mundo

O litoral brasileiro tem mais de 7 mil quilômetros de praias paradisíacas. Do litoral do alto nordeste, no Rio Grande do Norte, com suas praias cálidas, até as mais frias do Rio Grande do Sul, é possível desfrutar de águas nos mais diversos tons de verdes e azuis.

Como redutos de natureza intocada, onde o mergulho é privilégio para quem se aventura a conhecer o fundo do mar, as praias recebem o turista de braços abertos com espetáculos surpreendentes.

Não por acaso, são consideradas as melhores praias da América do Sul. Para aumentar as possibilidades, além das tradicionais praias de água salgada, o país conta ainda com um manancial de água doce como Alter do Chão, no Pará. Conhecida como “Caribe Brasileiro” a praia é banhada pelo Rio Tapajós. Com areia branquinha, é considerada uma das mais bonitas do Brasil. E como ela, há várias outras espalhadas pelo país.

2. Ilhas paradisíacas

Fernando de Noronha

Nesse cenário tão diversificado, o Brasil também é guardião de ilhas paradisíacas, como Fernando de Noronha, no nordeste e Ilhabela, em São Paulo. A Ilha de Florianópolis, em Santa Catarina, e a de Marajó, no Pará, são apenas outros exemplos de pedaços do paraíso que podem ser encontrados ao longo da costa brasileira.

Reservas ecológicas como a “Ilha do Atol”, que ganhou o status de arquipélago, é mais um dos principais ambientes ecológicos do Brasil, com corais de várias espécies transformando a viagem em uma experiência única por sua beleza.

Procuradas por quem busca tranquilidade, as ilhas brasileiras trazem também diversas características para turistas que desejam um contato extremo com a natureza. Com tantas opções, é só escolher a que melhor combine com o seu perfil de viajante.

3. Montanhas de areia e de rochas

montanhas

Apesar de existir uma discussão se há ou não montanhas no Brasil, elas também fazem parte da riqueza natural do país em diversos formatos: mesa, pontões e até monólitos gigantes.

Talvez a mais famosa seja o Dedo de Deus, que recebeu este nome porque se parece com um dedo indicador apontando para o céu. Localizada no estado do Rio de Janeiro, só pode ser acessada por meio de escalada.

Outros montes que merecem ser visitados são as dunas brasileiras. Dos Lençóis Maranhenses, no nordeste, onde estão as mais extensas, passando pelo Cerrado, no Jalapão em Tocantins, ou mais ao sul, em Santa Catarina, essas paisagens encantam por suas formas, cores e dimensões. Um passeio que não pode passar despercebido em um planejamento de viagem pelo país.

4. Cidades históricas

Cidades históricas

Desde seu descobrimento, o Brasil recebeu as mais variadas culturas por meio de colonizadores e aventureiros que viram nessa terra uma possibilidade de nova vida. Com isso, o país ganhou em diversidade cultural.

Do norte ao sul é possível encontrar vilas e cidades que ainda mantêm bairros inteiros com sua história quase intacta. Ao norte, com influência holandesa, muitas cidades preservam edifícios e igrejas. No sudeste, o Estado de Minas reconta, em seus casarões e ruas estreitas, o modo de vida dos primeiros portugueses a chegarem por aqui.

Em Salvador, marcas da colônia imperial ainda podem ser visitadas no bairro do Pelourinho ou em Santa Cruz, onde foi realizada a primeira missa entre índios espantados com a corte que chegava.

Ao sul do país, há cidades que parecem ter parado no tempo, como Nova Petrópolis no Rio Grande do Sul, onde há até museu ao ar livre que demonstra como viviam os primeiros alemães a chegarem na região.

5. Safári

Safari

Do centro oeste brasileiro até o Amazonas, há mata, selva e rios praticamente intocados, onde a natureza encanta os visitantes.

Comuns na África, o safári, ou passeios de observação de animais, também pode ser realizado no Brasil. Por ser um dos países com maior número de espécies animais, enorme biodiversidade e os mais variados ecossistemas, é possível aliar a experiência ao ecoturismo.

O Pantanal mato-grossense tem a maior planície inundável do planeta com fazendas onde araras comem nas mãos dos visitantes e emas de quase dois metros de altura andam livremente. Diversas agências especializadas organizam roteiros como embarcar em uma chalana no Rio Miranda, que é cheio de piranhas, ou para procurar felinos – onça pintada, jaguatirica, onça parda, jacarés e capivaras – em passeios noturnos.

Há ainda observação de aves como tuiuiús, carcarás e araras azuis. E é muito fácil ver animais em bandos como tucanos, garças, cegonhas e gaviões.

O Brasil também tem mais de 70 parques nacionais, sem falar nos parques estaduais. Abertos à visitação, muitos oferecem passeios guiados que unem safáris, caminhadas, esportes radicais por rios e cachoeiras, escaladas e muito mais. Do sul ao norte, a variedade é grande e difícil é optar por um deles.

6. Grandes cidades geradoras de tendências

são Paulo

Cidades antenadas no que há de melhor no mundo também estão no Brasil. O eixo Rio-São Paulo é moderno, gerador de tendências e oferece as mais diversas possibilidades de entretenimento, arte e cultura.

Desde maravilhosos museus, alguns entre os melhores do mundo, passando por parques super agradáveis, restaurantes para todos os gostos e bolsos, baladas e passeios incríveis como bairros que preservam suas origens com gastronomia e atrações próprias, muita música, dança, gente na rua e em shoppings.

Essas cidades aliam sofisticação e todas as alternativas de expressões de arte e comportamento, com gente descolada e engajada que lota muitas manifestações culturais. Rio de Janeiro e São Paulo são cidades que merecem muita atenção no planejamento de qualquer viajante.

7. Gastronomia

gastronomia brasileira

Nesse país de dimensões continentais, não é difícil imaginar a variedade gastronômica que se encontra em suas cinco principais regiões. Para completar, o país que sofreu influências de mais de 70 nacionalidades oferece pratos de todos os cantos do mundo.

Vale a pena experimentar a cozinha condimentada do nordeste, com pratos típicos e acento africano, como o acarajé e o vatapá da Bahia, ou o cuscuz e o tutu de feijão de Minas Gerais, sem se esquecer do pão de queijo, o mais famoso dos mineiros.

No sul, a influência alemã deu origem ao Einsbein (joelho de porco) enquanto a italiana fez surgir o capeletti em brodo (sopa de capeleti). Neste mesmo pedaço do país, cafés coloniais são refeição para um dia todo, com grande variedade de bolos, doces, pães doces e salgados e ainda alguns pratos que poderiam até ser servidos em um almoço.

8. Selva

Selva brasileira

O Brasil abriga uma das maiores florestas tropicais do mundo, que ocupa mais de 61% do território brasileiro. A Floresta Amazônica possui uma fauna que corresponde a 80% das espécies do Brasil e uma flora que contém de 10 a 20% das espécies vegetais do planeta. E por ali passam os rios que formam a maior reserva de água doce do mundo. Um lugar como esse merece ser visitado.

Atualmente, pousadas podem ser encontradas em diferentes lugares da região para receber turistas. Quem optar por essa aventura, ainda pode contar com inúmeros passeios de barcos que saem de Manaus e entrar em contato com a natureza em sua maior expressão de vida.

9. Roteiro de Inverno

inverno brasileiro

Apesar de ser um país tropical, o Brasil reserva alguns passeios de inverno onde até neve pode cair. Algumas cidades desse roteiro que merecem ser visitadas se localizam na região sudeste até o sul do país. São localidades que, no inverno, apresentam temperaturas mais baixas.

A 70 km de São Paulo, Campos do Jordão, além de ser linda, em junho recebe o Festival de Inverno com muita música. Com várias lojas que vendem mantas e blusas de lã, ainda oferece passeio de teleférico, restaurantes e bares para todos os gostos.

Monte Verde, ao sul de Minas Gerais, é ótima pedida para quem quer desfrutar de pequenos restaurantes e passeios a cavalo. No Rio de Janeiro, Petrópolis é muito agradável com pousadas lindas e muita história. Foi ali que viveu a corte imperial nos idos de 1800.

Indo para o sul, cidades como Blumenau e São Joaquim, em Santa Catarina, parecem lugarejos trazidos diretamente da Alemanha. Gramado e Canela, no Rio Grande do Sul, completam esse roteiro invernal com muito chocolate quente, vinho e o famoso Festival Internacional de Cinema no mês de julho.

10. Muita festa e alegria

Carnaval

O povo brasileiro é conhecido por sua alegria e gosto pelas festas. Entre as mais famosas está o Carnaval, que tem seus principais eventos no Rio de Janeiro e São Paulo, onde espaços específicos foram construídos para celebrar a festa: os sambódromos. Por ali desfilam as principais escolas de samba com carros alegóricos imensos, muita criatividade e samba no pé. Uma festa que faz todo mundo se levantar para ver o espetáculo passar.

Mas é na Bahia que acontece o carnaval mais popular do país. Trios elétricos que carregam cantores e muita música arrastam multidões pela cidade de Salvador. O carnaval que acontece entre fevereiro e março eletriza todo o país e há festa e samba em todas as cidades do Brasil.

Em Parintins, no Amazonas, acontece outra festa contagiante. É a segunda com maior número de participantes depois do Carnaval do Rio. Realizada em junho, o ponto alto é a disputa entre dois grupos folclóricos, o Boi Garantido e o Boi Caprichoso. São três noites de apresentação com temáticas regionais como lendas, rituais indígenas e costumes locais.

Sem falar da festa que é o futebol. Com campeonatos periódicos, a torcida é um espetáculo à parte que faz vibrar o coração de todo visitante que vai a um estádio dos principais times de futebol do país. Entre eles, Corinthians e São Paulo na capital paulista e Fluminense e Flamengo, no Rio de Janeiro. Em São Paulo, há um museu imperdível dedicado ao tema, que fica dentro do Estádio do Pacaembu.

Fonte: Skyscanner

Deixe seu comentário!

Você precisa logarpara comentar.