IMG_1432_INICIAL

Minicruzeiro da Pullmantur de três noites abordo do Empress


Neste post vamos descrever como foi nossa experiência nesta viagem emocionante.

IMG_1432
Escolhemos o feriado do dia 20 de novembro para aproveitar este belíssimo navio, contratamos com antecedência um estacionamento próximo ao porto de Santos e ficamos tranquilos com o carro devidamente guardado, assim garantimos uma volta rápida para São Paulo na segunda-feira, o atendimento no estacionamento foi muito eficiente e ao chegar com o carro uma avaliação detalhada foi realizada, na lataria, quantidade de combustível, quilometragem, entre outros itens, assinamos o documento requerido para o seguro do veículo e efetuamos o pagamento, terminados os procedimentos burocráticos do estacionamento, fomos andando para o porto de Santos que bastava atravessar a rua e em pouco tempo já estávamos nos preparando para o embarque.

IMG_1302aVamos falar um pouco sobre o embarque, primeiro pegamos uma fila para despachar as malas e recebemos uma senha, ainda no lado de fora do salão de embarque, então entramos no salão de embarque e aguardamos sentados até que o nossa senha fosse chamada no painel.

IMG_1303a

Nesta nova fila no salão amarelo tiramos as fotos para identificação e recebemos os cartões de acesso a cabine, vinculamos o número do cartão de crédito a estes cartões de acesso que são individuais, todas as compras feitas dentro do navio serão feitas por este cartão e foi neste momento onde tivemos duas opções de pagamento, sendo pagamento único ou em cinco vezes, nós sabíamos que o consumo seria baixo visto que tínhamos contratado o plano de bebidas optamos pelo pagamento único, assinada toda a papelada fomos para próxima fila no salão vermelho com as nossas bagagens de mão, nesta fila passamos pelo detector de metais dentro do salão de embarque, esta etapa foi bem tranquila e na sequência estávamos liberados para  efetivamente embarcar no navio pelo salão azul, então saímos do salão e fomos em direção ao navio, para enfrentarmos a última fila antes do embarque e mais um novo detector de metais, porém dentro do navio, entregamos o cartão a um tripulante que efetuou a leitura do cartão para conferir os dados cadastrados em um monitor, e as bagagens de mão a outro tripulante para passar pelo detector de metais, feito isso nossa entrada foi liberada. Neste ponto vale lembrar que alguns itens não são permitidos no navio como por exemplo ferro de passar roupa, faca, canivete, arma de fogo. Ufa entramos no navio… E agora?

Vamos pegar as pulseiras que identificam qual a seu plano de bebidas, subimos até o deck indicado no folheto, ao chegar lá o capitão do navio acionou a simulação de abandono do navio, esta simulação e uma norma da Marinha e é obrigatória para todos os tripulantes e passageiros, nem adianta querer ficar quietinho na cabine que algum tripulante vem te buscar para realizar a simulação, como não conseguimos pegar as pulseiras fomos orientados a ir para nossa cabine e aguardar por orientações, ao chegarmos na cabine nossas malas estavam na porta, entramos e guardamos as malas e em poucos minutos as orientações em português/inglês foram passadas pelo alto falante dentro da cabine,  neste momento pegamos os salva vidas que estavam disponíveis na cabine, descemos até o ponto de encontro, aguardamos todos chegarem, neste momento fomos orientados de como vestir o salva vidas e as orientações de como agir em caso de evacuação do navio,  o próximo passo após as orientações era aguardar o capitão dar a ordem de evacuação, após a ordem dada fomos em fila calmamente para a parte externa do navio próxima aos botes salva vidas,  assim concluímos o treinamento,  voltamos para a cabine devolvemos os salva vidas em seu lugar e descemos para pegar as nossas pulseiras, aqui começa a nossa viagem.

IMG_1430a

A esta altura do campeonato já estávamos cansados e queríamos jantar, tomar um banho e dormir, então foi o que fizemos porém o navio já estava navegando rumo a sua primeira parada que seria na manhã do dia seguinte em Búzios – RJ, e como nós éramos marinheiros de primeira viagem o balanço do navio durante a noite acabou incomodando um pouco, mas nada exagerado enfim dormimos, no dia seguinte acordamos e já estávamos ancorados na frente da praia da Armação, a vista do restaurante onde foi servido o café da manhã era maravilhosa, após este café da manhã fantástico nos preparamos para desembarcar e dar uma volta em Búzios, um bote nos levou até uma marina, onde desembarcamos e fomos andando para a praia, com diversos restaurantes, lojas, e se quiséssemos fazer algum passeio por Búzios bastaria contratar algumas das empresas que ficam aguardando a nossa chega em terra para oferecer os seus serviços, mas não foi o nosso caso, nós só queríamos dar uma volta para ver a praia tirar algumas fotos e voltar para o navio, na praia da Armação tem três belas esculturas em bronze que homenageiam a atriz francesa Brigitte Bardot, Os Pescadores e o Ex-presidente Juscelino Kubitschek, parada obrigatória para a foto em um manche com fundo para a praia, ok missão cumprida voltamos para o navio, neste momento o mar começou a ficar agitado e o nosso bote ficou  + ou – 40 minutos boiando próximo ao navio aguardando o embarque do grupo que estava indo para praia em outro bote, com isso algumas pessoas passaram mal que é algo normal para nós que não estamos acostumados com este balanço. De volta ao navio fomos almoçar e enfim curtir o navio, fomos para a piscina, ofurô, espreguiçadeiras, bar, dança …ficamos por lá até a hora do jantar, após o jantar fomos para um show no teatro do navio, com palhaços, malabaristas, cantores ficamos deslumbrados com a equipe artística do navio, estão de parabéns.

Voltamos para nossa cabine para uma outra noite de navegação, desta vez para a próxima parada em Ilha Bela, no dia seguinte acordamos cedo e fomos tomar café, a vista do restaurante para as praias, barcos é um espetáculo a parte, o café da manhã muito bom, com muita fruta, pães, ovos, bacon e tudo que temos direito, nós optamos por ficar no navio e não fomos para Ilha Bela, pois já conhecemos, mas se você quiser conhecer a Ilha Bela vamos deixar um link dos passeios na Iha Bela, então ficamos um pouco no Cassino, aprendendo a jogar, perdemos algumas horas brincando com a roleta, vinte e um, poker, entre outros jogos, fomos para a piscina, curtimos o visual, almoçamos e a animação dos tripulantes é incrível, no final do dia fomos jantar e conhecer a loja do navio, após a saga de compras nos dirigimos para mais um espetáculo no teatro,  na sequência demos um pulo em um karaokê bar muito legal, com pessoas bem animadas e desafinadas 🙂 nossa viagem esta chegando ao fim, então fomos para a cabine para arrumar as malas, dormir e encarar mais uma noite de navegação até o porto de Santos,  no dia seguinte tomamos um café da manhã super rápido e com uma vista não tão agradável quanto a dos outros dias, por sorte estávamos na primeira chamada para desembarcar do navio, nesta altura do campeonato estávamos preocupados com o trânsito na volta para São Paulo, pois precisávamos chegar cedo para trabalhar nessa segunda-feira, correu tudo bem, desembarcamos pegamos o carro e dirigimos até São Paulo.

Espero que tenham gostado deste post, deixem um recado e conte como foi sua experiência. Um grande abraço

2 Comentário

  • Bruno Lima (#)
    dezembro 11th, 2014

    Pessoal, se alguém tiver alguma dúvida ou quiser perguntar teremos o prazer de responder, obrigado pela leitura.

  • Gabriel Garcia (#)
    setembro 19th, 2015

    Ótimo atendimento e atenção aos seus clientes, viajar com a TBViagens é sempre uma grande comodidade, além de bons preços e condições.
    Parabéns pelo excelente trabalho!

Deixe seu comentário!

Você precisa logarpara comentar.